SAIBA COMO PROTEGER SEU SMARTPHONE

MAIS NOTÍCIAS

Janeiro/ 2018

Você já parou pra pensar que grande parte das coisas importantes para você está no seu celular? Imagens, números de contatos do seu relacionamento social/profissional, anotações, aplicativos de bancos, redes sociais até trajetos salvos que denunciam os seus percursos diários. Com tanta informação exposta neste pequeno aparelho é necessário dar a atenção necessária com o objetivo de proteger  o seu equipamento.

De acordo com dados levantados pela Federação Nacional de Seguros Gerais (FenSeg), os roubos e furtos de dispositivos móveis segurados em todo o País tiveram um aumento de 64,6% entre 2015 e 2016.

Dados da Secretaria da Segurança mostram que seis em cada dez ocorrências terminam com o celular sendo levado da vítima.

Diante desse cenário, a Vila Velha Seguros oferece condições especiais para proteger seus equipamentos portáteis (smartphone, smartwatch, notebook, tablet, câmera e filmadora).

O Seguro para Equipamentos Portáteis oferece Cobertura básica com garantias em casos de acidente, incêndio, queda de raio, dano na tentativa de roubo e impacto de veículos. Conta também com coberturas adicionais para danos elétricos, cobertura internacional, perda e pagamento de aluguel de aparelhos, lentes e acessórios, subtração do aparelho segurado além de danos por água ou líquidos.

email_seguro_equipamentos_portateis_A04

Como benefício extra e para maior segurança dos seus dados, você ainda ganha o armazenamento gratuito de até 5GB de seus documentos, vídeos ou imagens salvos em desktop ou notebook, a recuperação de dados e a reciclagem de equipamentos eletrônicos, sem custo e sem agredir o meio ambiente.

Não tem motivos para questionar a importância de proteger seu equipamento, por isso peça um contato de nossos consultores clicando em – quero proteger

quero_proteger

 

Fonte: Fenseg | Secretaria de Segurança

11 apps para comprar a Zona Azul digital – obrigatória em SP

VOLTAR    |   DEZEMBRO    |   TODAS

Desde a última segunda-feira (5), os motoristas da cidade de São Paulo não podem mais usar Zona Azul de papel, somente de forma digital. Para isso, há duas opções: utilizar aplicativos de smartphones para comprar créditos ou procurar postos de venda digital credenciados pela prefeitura.

Os pontos de vendas oficiais são bancas de jornal, bares, mercados, lanchonetes, drogarias e mercados. As compras são realizadas por meio de terminais de pagamento semelhantes a máquinas de cartões de débito ou crédito.

Se você possuir um smartphone com sistema Android, iOS ou Windows Phone, a compra de créditos pode acontecer rapidamente via aplicativo. O valor máximo cobrado por uma hora de estacionamento é de 5 reais. Na compra de dez créditos, o preço é de 45 reais.

Confira as principais opções de apps para adquirir créditos de Zona Azul digital, recomendadas pela própria CET.

– SP Cartão Azul Digital (Android, iPhone)
– Vaga Inteligente (Android, iPhone)
– Digipare (Android, iPhone, Windows Phone)
– ParkMe (Android, iPhone)
– Ponto Certo (Android, iPhone)
– Estacionamento Digital (Android, iPhone)
– Zazul (Android, iPhone)
– Estaciona App (Android, iPhone)
– Panda SP (Android, iPhone)
– Zona Azul Fácil (Android, iPhone)
– 4All Zona Azul (Android, iPhone)

Após o cadastro, a compra dos créditos nos aplicativos deve ser feita com o uso de cartões ou boleto bancário. A aquisição de créditos pode ser feita na hora de parar o carro em uma das 39.179 vagas na capital paulista ou com antecedência.

Quem possui folhas de Zona Azul pode ser reembolsado, a 4,50 cada, em um posto da CET, que fica na rua Senador Feijó, 143, 1º andar, até 31 de janeiro de 2017.

Fonte: Exame

VOLTAR    |   DEZEMBRO    |   TODAS