Pisca- pisca, quais são os riscos, e quais os cuidados a serem tomados?

MAIS NOTÍCIAS

Dezembro/ 2018

Decoração de Natal. Como prevenir os riscos.

Chegou dezembro, e com este mês, toda a magia e encantos das festas e decorações natalinas.

É o espirito do Natal, que traz a tona toda a tradição das luzes que brilham, iluminam e decoram as casas, as ruas das cidades, os comércios, as praças, enfim, é a época onde todos confraternizam e trocam as suas experiências positivas.

Indiferente se a decoração é simples ou mais incrementada, o mais importante é a beleza que essas micro lâmpadas proporcionam a todos que passam, brilham os olhos de quem vê e gratifica quem expõe a decoração.

Mas todo esse encanto, deve ser muito bem estruturado, revisado e com alguns cuidados a serem tomados para que não haja riscos de acidentes, como por exemplo o superaquecimento dos cabos e fios, sobrecarga de energia, choques elétricos, ou até mesmo incêndios causados por um curto-circuito.

Por esses motivos, separamos alguns tópicos que possam auxilia – los desde o momento da compra até a instalação da sua decoração.

  • Recomenda-se que antes de comprar as luzes decorativas de Natal, seja feito uma vistoria por especialista em toda a rede elétrica do imóvel. Este profissional, após avaliação específica, poderá indicar qual o melhor modelo a ser instalado, direcionando assim, qual a voltagem e o produto específico para aquele tipo de instalação;
  • Faça sempre uma revisão naqueles pisca-pisca que estão guardados desde a decoração do Natal anterior e que poderão ser reutilizados. Certifique-se a capacidade elétrica tanto dos condutores de energias, quanto das fontes de cada enfeite;
  • Não coloque muitos benjamins, conectados à vários aparelhos em um único polo de energia (tomada), pode ocasionar uma sobrecarga, causando um curto-circuito.
  • As lâmpadas necessitam de uma checagem contínua, e devem ser desligadas caso não haja a possibilidade de acompanhamento. Por serem fontes de calor, em contato com algum enfeite inflamável (verifique nas embalagens), pode resultar em incêndio.
  • Por fim, mas não menos importante, caso tenha crianças em casa, atente-se principalmente para os enfeites de metal, pois em contato com o calor das lâmpadas podem esquentar e ocasionar uma queimadura. Evite enfeites que remetam a doces, balas, e outras guloseimas, porque estes podem despertar a curiosidade da criança. Recomenda-se também, evitar os enfeites afiados, pesados e pontiagudos que possam ferir a criança.

Para que tenha maior tranquilidade com a sua decoração de final de ano,  existem vários planos de assistência residencial que proporcionam esse tipo de auxílio a você.