Seguro Viagem Internacional é um item indispensável para quem pensa em viajar ou fazer intercâmbio

VOLTAR    |   DEZEMBRO    |   TODAS

Numa viagem internacional, o seguro é um dos elementos fundamentais e, em alguns casos, obrigatórios para entrar em outro país. O seguro saúde é o mais popular e recomendado, já que ele cobre despesas médicas, como atendimento, internação em hospitais e até gastos com medicação. Contudo, o viajante pode contratar outros serviços para ter mais proteção pessoal e dos seus pertences durante o tempo que estiver no exterior. Pensando em atender às necessidades dos viajantes, a CI – Intercâmbio e Viagem lançou a unidade de negócios, CI Seguros.

Anualmente, mais de 50 mil pessoas contratam o seguro de viagem, conhecido como Intercare. “Os turistas e intercambistas reconhecem que um fato comum do dia a dia, como uma dor de dente ou um problema mais sério que necessite de assistência médica imediata, pode se transformar em um grande transtorno quando você está em outro país”, explica o diretor da CI Seguros, Renato Spadafora. Com a ampliação dos serviços oferecidos, a expectativa é que no primeiro ano, cerca da metade dos clientes que saem com o seguro de viagem da CI contrate também pelo menos mais algum outro tipo de seguro.

Um dos novos serviços mais interessantes para o viajante é o seguro de roubo e furto de equipamentos portáteis, como smartphone, notebook, tablet e câmeras fotográficas, segundo o diretor. “É uma cobertura de 12 meses, nacional e internacional. Então, a pessoa fica protegida desde o primeiro momento que contratou o serviço. Com o alto custo desses aparelhos eletrônicos, é muito interessante se resguardar contra possíveis eventualidades”, explica.

No caso do seguros para viagem, outra vantagem que a CI Seguros passa a oferecer são alguns upgrades para que o cliente fique tranquilo além da assistência médica. “Agora, é possível modular seu produto e contratar outros serviços, conforme seu interesse. Por exemplo, fazer um seguro contra multas caso o cliente precise ou queira desistir da sua viagem, como no caso de um visto negado ou mesmo pela simples desistência por parte do cliente, e também o segura para aumento da cobertura de bagagem”, completa Spadafora.

A CI Seguros tem um portfólio amplo. Entre as opções já citadas, estão também o seguro de proteção financeira, caso o cliente tenha um imprevisto e fique desempregado ou incapacitado de trabalhar, como no caso de profissionais liberais; e o plano anual corporativo. Este último é voltado para executivos que viajam com certa frequência, e neste caso podem contratar um único plano válido por todo ano, protegendo todas as viagens que fizer no decorrer do ano, o que se torna muito mais prático e econômico. “É importante ter em mente que se resguardar é uma maneira de fazer uma viagem mais tranquila e evitar a perda de tempo, dinheiro e frustrações com imprevistos. O seguro é como um investimento, principalmente para as pessoas que decidem dar um passo tão importante, quanto fazer um intercâmbio”, finaliza o diretor.

Fonte: REVISTA COBERTURA MERCADO DE SEGUROS

VOLTAR    |   DEZEMBRO    |   TODAS

2 comentários em “Seguro Viagem Internacional é um item indispensável para quem pensa em viajar ou fazer intercâmbio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s